Strange, we back

MOV04556mari 2016_1_strange_grace_jones copyMOV04556mari

Organizando arquivos, me deparei com os vídeos interessantes para retomar este blog: Libertango de Grace Jones e o vídeo que fiz há muitos anos do meu caminhar, ou melhor, da minha marcha – na realidade, o meu mancar, são os ideais.

O pequeno filme realizado há muitos anos quando pretendia abordar a moda pelo viés da imagem inclusiva. Este estudo, iniciava-se com uma análise da marcha do meu próprio corpo desajeitado, mancando

Em Strange, Grace fala de estranhezas, eu amo as maravilhosas estranhezas da vida e o clipe é lindo. Ela dança com um busto incrível, rodopia, assim como a vida que gira em círculos… Não acredito! Talvez em espirais.

…. Acredito no futuro, sou positivista, neste sentido, rodopiamos para frente, seria possível (!), em espirais, aprendemos com nossos erros, com certeza não com nossos acertos, nos fortalecemos, tropicamos pelo mundo… Do que estou falando? Ah! Da minha própria experiência, depois de um tempo deste blog desativado, voltarei a opinar, de ter tempo de escrever sobre o caminhar, que no meu caso, literalmente, é um mancar pelo mundo, pela moda, pelo design, pela humanidade, pelo empreendedorismo, pelo negócios, pela inovação, pela opinião… pelas estranhezas da vida que te fazem feliz

Por Mariana Rachel Roncoletta,

De São Paulo

Roncoletta altura de bico2

Check-list de calçados – altura de bico

A altura do bico (elevação da biqueira) deve ser de aproximadamente 1 cm do chão. Essa detalhe que pouquíssimas pessoas olham pode lhe provocar muita dor nos pés e inclusive na coluna.

Não vá se fantasiar por ai, usando calçados do Aladim!

Mariana Rachel Roncoletta

Fonte: Roncoletta (2009) adaptado do site SBRT (s/d)

Publicado originalmente em 03/06/2009.

mercadal

Check-list de calçados: modelos de bico

Este é o quinto post da série Check-list de calçados, agora vamos falar de modelos de bicos. São o formato que possuem o sapato bico, também conhecido como biqueira do design de calçados. Existe uma variável imensa, falarei das básicas, até, porque, as demais variam destas: redonda, quadrada e fina.

Procure por bicos quadrados ou redondos, certifique-se que os mesmos continuaram arredondados durante a marcha, isto é, quando você estiver caminhando, na parte do passo que seus dedos carregam o peso do corpo, os sapatos devem continuar com o bico arredondado – eles jamais podem comprimir seus dedos.

Faça o seguinte teste: Vista o sapato e olhe de frente para um espelho, de o passo e observe se o sapato afunila quando você está com o peso do corpo nos dedos. Se isso acontecer, o formato novo é um V. Ah…ficou na duvida, tire a prova de fogo:

Pegue o sapato em suas mãos e olhe de frente para o espelho. Simule a mesma passada e observe atentamente, se o sapato não mantém o formato do bico, você verá que sua forma original se modificou. Deixe-o na loja.

Agora, se você ama bicos finos, não tenha medo de exagerar. Invista nos super bicudos!

 

Mariana Rachel Roncoletta

Publicado originalmente em 03/06/2009.

encaixe  calcados mariana roncoletta

Check-list de calçados – encaixe

Varias pessoas não conseguem distinguir se o calçado está apertado ou não. Existe espaço suficiente para os seus dedos quando você caminha? A sensação ideal é sentir uma leve pressão na lateral nos dedos dos pés. O calçado firme é aquele que não aperta os dedos e, simultaneamente, não deixa espaço entre o calcanhar e o cabedal traseiro quando você se impulsiona pelo triângulo de propulsão dos pés – parte da planta dos pés que suportam os dedos, conforme central.

Outra dica é escolher por estilos de calçados que possuem diferentes tiras de ajustes no tornozelo e até mesmo no cabedal frontal, ou seja, no peito do pé, podem auxiliar na sensação de segurança relacionada ao design de calçados.

A última dica sobre encaixe é a aquisição de calçados por você apenas após algumas horas desperto e depois de leves caminhadas, visto que o corpo e, principalmente os pés, já terão inchado.

Mariana Rachel Roncoletta

Publicado originalmente em 30/05/2009.

jacobs

Check-list de calçados: altura

Os saltos, principalmente os altos (mais de 6 cm), são para maioria das mulheres (e homens) um objeto que proporciona sedução e poder. A maioria das imagens, seja em filmes de Hollywood ou novelas brasileiras ou ainda em editoriais de moda mostram as mulheres “glamourosas” se equilibrando nas alturas do salto alto, alto não, altíssimo. Temos que assumir nossa parcela de culpa em impulsionar o desejo das mulheres por saltos.

O que quero dizer é: podemos sim, ser poderosas e glamourosas sem o salto altíssimo. Será que você não se contentaria com um salto de 4 cm ? Esta altura já não lhe é suficiente? Questione as imposições da industria cultural, ok!!!!

Dito isto, farei vários posts sobre as considerações para adquirir calçados com saltos: altura, equilíbrio, modelo.

Altura de salto – o ideal é 2 cm, porque equilibra as pressões entre dedos e calcanhar, isso significa que as lindas rasterinhas podem causar dor nas costas

Para o dia todo de 2 a 4 cm, mantém as pressões sobre os pés mais equilibradas, existe uma tabela, que pode lhe auxiliar, principalmente em escolher calçados para o uso em ocasiões especiais.

Sem salto = 43% dedos e 57% calcanhar

Salto 2 cm = 50% dedos e 50% calcanhar

Salto 4 cm = 57% dedos e 43% calcanhar

Salto 6 cm = 75% dedos e 25% calcanhar

Salto 10 cm =  90 a 100% dedos e 0 a 10 % calcanhar

Saltos maiores que 4 cm são recomendados apenas em ocasiões especiais.

 

Mariana Rachel Roncoletta

Foto: Coleção Marc Jacobs, 2008

Publicado originalmente em 22/05/2009.