Strange, we back

MOV04556mari 2016_1_strange_grace_jones copyMOV04556mari

Organizando arquivos, me deparei com os vídeos interessantes para retomar este blog: Libertango de Grace Jones e o vídeo que fiz há muitos anos do meu caminhar, ou melhor, da minha marcha – na realidade, o meu mancar, são os ideais.

O pequeno filme realizado há muitos anos quando pretendia abordar a moda pelo viés da imagem inclusiva. Este estudo, iniciava-se com uma análise da marcha do meu próprio corpo desajeitado, mancando

Em Strange, Grace fala de estranhezas, eu amo as maravilhosas estranhezas da vida e o clipe é lindo. Ela dança com um busto incrível, rodopia, assim como a vida que gira em círculos… Não acredito! Talvez em espirais.

…. Acredito no futuro, sou positivista, neste sentido, rodopiamos para frente, seria possível (!), em espirais, aprendemos com nossos erros, com certeza não com nossos acertos, nos fortalecemos, tropicamos pelo mundo… Do que estou falando? Ah! Da minha própria experiência, depois de um tempo deste blog desativado, voltarei a opinar, de ter tempo de escrever sobre o caminhar, que no meu caso, literalmente, é um mancar pelo mundo, pela moda, pelo design, pela humanidade, pelo empreendedorismo, pelo negócios, pela inovação, pela opinião… pelas estranhezas da vida que te fazem feliz

Por Mariana Rachel Roncoletta,

De São Paulo

puma

Power of Fashion Vídeo…

Os vídeos de moda, seja em linguagem de editorial (veja o ensaio da Vogue Brasileira – Shoking, através do link: http://rgvogue.ig.com.br/rgtv/2009/05/18/vogue+shocking+6194966.html) ou seja em formato de campanha, estão crescendo e ampliando as relações comunicativas de suas mídias. Vocês se lembram do burburinho da campanha da Dior – o curta “The Lady Noire Affair”, que ao meu ver nem foi tão incrível assim, mas que gerou farta mídia espontânea?

Desta vez, com um enfoque mais plural, a marca esportiva Puma em parceria com Alexander McQueen e o fotógrafo e também filmmaker Nick Knight lançaram a “Our Raw Power” – uma competição que oferece a jovens diretores e artistas a chance de editar seus vídeos utilizando o material da marca.

O vencedor escolhido por Night e McQueen terá a oportunidade de veicular seu trabalho pelo mundo afora, com previsão de lançamento em janeiro. Para participar acesse o link: http://www.showstudio.com/project/rawpower/

Fique de olho nestas conexões entre moda e vídeo.

Por Mariana Rachel Roncoletta

Fotos: divulgação Puma

 

evans mcqueen

Mullins, a colecionadora de pernas

Para quem não me conhece, sou apaixonada por moda – atuo intensamente na área de imprensa há quase 20 anos. Afastei-me um pouco devido a duas grandes cirurgias, uma em 2000 e outra em 2005, neste ínterim, como precisava me acalmar resolvi aprofundar meus estudos, e assim voltei à universidade.
Hoje, transito entre as áreas acadêmica e de mercado, este espaço é um ponto de encontro entre elas: a pesquisa sobre moda inclusiva e o espetáculo da moda, entre desfiles espetaculares e pessoas excepcionais.
Começo com uma entrevista que vi recentemente: a de Aimee Mullins, atleta para-olímpica, que foi capa das revistas inglesas I-D e Dazed & Confused no final dos anos 90. Ela atualmente possui uma coleção de mais de 10 pernas (próteses).
No vídeo, que você deve ver pelo link: (http://www.ted.com/index.php/talks/aimee_mullins_prosthetic_aesthetics.html) ela fala da sua jornada nestes últimos 10-11 anos. Sua experiência com crianças, que são naturalmente curiosas, crianças que sem a presença dos pais gostariam de possuir: “pernas-sapos”ou “pernas-canguru.” Será que a moda não poderia soltar seu lado mais lúdico?
A oportunidade que a atleta teve de fazer parcerias com designers de moda, (Alexander McQueen, por exemplo) e cientistas, de combinar “a ciência com arte, ao fazer pernas”, nas suas palavras, sugere questionamentos que exploram esta interessante conversa entre design, moda e ciência.
Aimee diz: “Pamela Anderson possui mais próteses em seu corpo do que eu, e ninguém a chama de deficiente.” Que padrões de beleza são estes? O que significa ser portador de deficiência?

Mariana Rachel Roncoletta
Fotos: TED e Dazed and Confused
Publicado originalmente em: 15 de maio de 2009.